A rapariga do chapéu vermelho

A RAPARIGA DO CHAPÉU VERMELHO

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Lojas pequenas

Não gosto de entrar num loja pequena em que esteja uma só funcionária e sem ninguém lá dentro. Sinto-me muito desconfortável. Já sei que se entrar a funcionária vai perseguir-me com o olhar, ver todos os passos, dizer-me a cada momento em que eu pegue numa peça que posso experimenta-la e que há em x cores e x tamanhos,... enfim, demasiada atenção para quando eu só quero é ver o que há naquela loja (principalmente quando não vou preparada para comprar). Assim, evito entrar nas lojas pequenas se não estiver mais nenhum cliente lá dentro a entreter a funcionária da loja. Se estiver, já sei que é seguro entrar, ninguém vai dar por mim!

4 comentários:

  1. olá

    isso também me aborrece muito.
    mas arranja tácticas. lol
    ontem entrei numa ourivesaria, estava vazia, precisa de ajuda, eu respondo, não, vim só conhecer, esteja à vontade, muito obrigada.
    às vezes corre bem, quase sempre. ;)
    ou então digo: posso dar uma vista de olhos, e lá vem a resposta, claro que pode, esteja à vontade.

    kiss

    ResponderEliminar
  2. Também não gosto, e quando mexes numa peça e tens logo a empregada ao lado a ajeita-la de novo e anda colada atrás de ti a loja toda, fujo logo dali! :/

    ResponderEliminar
  3. Sei bem o que isso é... mas a minha obseção consumista é mais forte ;)

    ResponderEliminar